Other Languages

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Taça de Portugal. Triunfo sobre mais um grande permite sonhar com a final

Quartos-de-final

Desp.Chaves 1 Sporting 0

Golo: Carlos Ponck

A única coisa que mudou no Sporting do jogo de sábado para a partida da Taça foi apenas o equipamento porque a atitude continuou a mesma. Neste momento, já nem sequer as grandes figuras fazem a diferença ou será o treinador que não consegue tirar um coelho da cartola. 

Os flavienses tiveram oportunidades na primeira parte com Fábio Martins motivado pelo grande golo marcado no campeonato, mas os leões acabaram por cima com Bas Dost a fazer a diferença. 

A segunda parte teve a mesma toada e no final as estatísticas surpreendem pelo equilíbrio dos dados relativamente ao ataque. Numa altura em que todos esperavam o prolongamento, eis que Carlos Ponck cabeceia para dentro da baliza após um livre. Beto nem a viu...

Os leões perdem mais um objectivo da temporada, mas é preciso destacar o feito do Desp.Chaves por ter eliminado mais um grande nesta competição depois do FC Porto ter caído na 4ª eliminatória. O feito faz com que sejam candidatos a uma presença no Jamor.

Taça de Portugal. A primeira vitória de Pedro Carmona valeu as meias-finais

Quartos-de-final

Estoril 2 Académica 1

Golos: Alisson Farias, Kleber - Traquina

O futebol tem situações curiosas como a que sucedeu na Amoreira. O técnico espanhol acumulou cinco derrotas desde a chegada ao Estoril, pelo que, estava tudo contra Pedro Carmona. 

A vitória surgiu por Kleber, mais uma vez decisivo na equipa canarinha. Os estudantes caíram de pé da competição depois de defrontarem a terceira formação da primeira divisão na brilhante caminhada até aos quartos. 

O Estoril fica à espera do vencedor do Benfica - Leixões. 

17ª jornada



A luta pelo título fica reduzida a Benfica e FC Porto, já que, o Sporting escorregou em Chaves e não aproveitou o deslize do campeão em casa contra o Boavista. A distância é a mesma, mas os leões necessitam de ultrapassar o FC Porto que já se encontra a quatro pontos, além do Sp.Braga. Os bracarenses aproveitaram para recuperar o terceiro lugar isolado.

O Vit.Guimarães ainda pode lutar com as quatro melhores equipas, mas dificilmente tem pedalada para acompanhar o ritmo. Na próxima jornada, a visita à Pedreira é preciso uma grande resposta para continuar a sonhar com mais que o lugar na Liga Europa.

A luta pelo sexto lugar também continua interessante porque são equipas que pretendem evoluir. Marítimo, Rio Ave, Arouca, Desp. Chaves e Vit.Setúbal praticam bom futebol, prometendo dar luta aos grandes. Tem sido contra estas formações que os clubes mais fortes perdem pontos. O Boavista e o Belenenses chegaram a casa dos 20 pontos, mas não devem ambicionar lutar pela Europa.

Os restantes vão continuar aflitos até final da temporada. O Paços de Ferreira tem sete pontos de vantagem sobre o Tondela que ocupa a última posição. Todas as equipas desta parte da tabela já trocaram de treinador, sendo que, o caso mais gritante são as cinco derrotas consecutivas do Estoril desde a entrada do técnico espanhol. De Espanha nem bons ventos, casamentos ou bons treinadores.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Liga NOS. Guerreiros continuam no comboio da frente

17ª jornada

Sp.Braga 2 Tondela 0

Golos: Rui Fonte 2
MVP: Rui Fonte  Murillo

Os bracarenses não perderam a hipótese de se isolarem no terceiro lugar com uma vitória sobre o último classificado. 

Na primeira parte os adeptos da casa ainda recearem novo empate, mas Rui Fonte começa a justificar a titularidade e a aposta de Jorge Simão. O ex-Benfica vai ser o avançado preferido do novo treinador. 

Os três pontos garantem pressão sobre o FC Porto e a distância de três pontos sobre os leões.

Liga NOS. Cabeçada de Gonçalo Silva vale manutenção do sonho europeu

17ª jornada

Belenenses 1 Rio Ave 0

Golo: Gonçalo Silva
MVP: Gonçalo Silva - Tarantini

O Belenenses confirmou a boa forma perante o Rio Ave que já caiu na realidade, apesar da boa classificação.

Uma cabeçada de Gonçalo Silva traduziu-se em três pontos fundamentais para a equipa de Quim Machado, mantendo a esperança na conquista de um lugar europeu. 

Liga NOS. Madeirenses confirmam favoritismo ao 6º lugar

17ª jornada

Marítimo 3 Paços de Ferreira 1

Golos: Dyego Souza 2, Raúl Silva - Welthon
MVP: Dyego Souza - Welthon

Os madeirenses terminaram a primeira volta no 6º lugar com uma vitória contundente sobre o Paços de Ferreira perante mais uma boa casa nos Barreiros. Algo começa a ser construído de novo...

O grande herói do desafio só poderia ter sido Dyego Souza que vai acumulando golos enquanto o castigo está suspenso. O Paços mostra fragilidades, sendo que, Welthon não serve para defender..

O início da temporada correu mal ao Marítimo com maus resultados e o castigo do avançado brasileiro, mas a vitória frente ao Benfica na inauguração do novo recinto trouxe força mental introduzida pelo treinador Daniel Ramos.

Liga NOS. Dragões mostram que são principal adversário do Benfica

17ª jornada

FC Porto 3 Moreirense 0

Golos: Oliver, André Silva, Marcano
MVP: Oliver - Podence

Os dragões não vacilaram na tentativa de se aproximarem do Benfica, ficando numa situação curiosa na tabela classificativa, já que, estão a quatro pontos dos encarnados e com o mesmo número de pontos de vantagem sobre o Sporting, embora o Sp.Braga possa encurtar.

O triunfo começou a ser construído com um bom golo de Oliver e o regresso de André Silva aos golos. As saídas do Dragão têm sido prejudiciais na caminhada para o título.

Os cónegos prometem sempre luta, mas as palavras de Augusto Inácio antes dos jogos não passam de intenções porque apenas dois ou três jogadores têm qualidade. A manutenção vai ser mais difícil que o anúncio do técnico no dia do regresso a Moreira de Cónegos.