sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

V.Setúbal vs Sporting


O Sporting defronta o V.Setúbal na liderança do campeonato, numa altura em que as equipas atravessam momentos de forma diferentes. Os leões podem aproveitar a liderança até à conclusão do Estoril-FC Porto no dia 21 de Fevereiro, mas Martim Bustorff acredita que "é prematuro afirmar que se vai retirar alguma vantagem competitiva porque ainda faltam muitas jornadas". 

Os sadinos estão na cauda da tabela por causa de inúmeros pontos que perderam nos últimos minutos, sendo o exemplo mais concreto o desafio em Moreira de Cónegos. O sadino João Paiva entende que "a equipa está a ficar bastante dependente do Gonçalo Paciência", tendo acrescentado que "sem a presença do avançado em campo para segurar as bolas despachadas pela defesa, o colectivo não sabe o que fazer". O adepto explica que "seria importante ter outro avançado com as mesmas características". 

Os problemas defensivos das duas equipas podem originar uma partida com vários golos. Martim Bustorff entende que se trata do "ponto fraco do V.Setúbal porque tem a segunda pior defesa do campeonato". Por seu lado, João Paiva acredita que "as subidas do Fábio Coentrão no lado esquerdo devem ser aproveitadas pelo Costinha e o João Amaral, sendo que, as dificuldades aumentam para o Sporting caso Arnold jogue no lado direito". 

A estreia de Ruben Ribeiro como titular dos leões foi considerada excelente devido à assistência para Bas Dost no primeiro golo contra o Desportivo das Aves. O novo número 7 tem talento e vontade de triunfar. Os dois adeptos são unânimes nos elogios ao antigo atleta do Rio Ave. O sportinguista explica que "pode fazer várias posições no ataque", enquanto João Paiva garante que "é mais uma individualidade com capacidade para resolver a partida". 

O futuro dos treinadores também está em jogo nesta temporada. Apesar da liderança no campeonato, o Sporting joga frente ao FC Porto nas meias-finais da Taça da Liga e da Taça de Portugal, mas Martim Bustorff entende que "a permanência do treinador não pode ser questionada num momento em que há quatro competições para disputar", remetendo uma nova avaliação para final da temporada "caso não hajam conquistas".  Neste momento, o V.Setúbal é o único clube, até ao 14º classificado, que ainda não trocou de técnico. João Paiva considera que "a equipa perdeu muitos pontos contra adversários directos, mas não é por ganhar ao Sporting que isso deve ser ignorado ou esquecido nem se propor a renovação de contrato ao treinador".

Sem comentários:

Enviar um comentário

Manchester City confirmou o favoritismo durante toda a temporada

Os citizens conquistaram o troféu mais apetecido do futebol inglês. Uma campanha fantástica do princípio ao fim, embora sem igualar o re...